//Foco no cliente: um desafio para o agronegócio

Foco no cliente: um desafio para o agronegócio

Na “onda digital” do agro, a corrida pelos melhores programas de fidelização, incentivos de vendas e a aquisição de plataformas de dados vem sendo cada vez mais vista nas indústrias, cooperativas, distribuidores e revendas. Os dados de vendas e clientes vem sendo cada vez mais procurados em busca de definições nos planejamentos estratégicos das grandes empresas. Isso indica que o cliente do agronegócio e toda sua jornada estão ganhando mais e mais importância na cadeia de produção.

Mas por qual motivo as empresas estão se envolvendo com a cultura de inovação e correndo atrás de novas tecnologias de atração de clientes? Os fatores são vários:

EXPERIÊNCIA 

Pontualidade. Conforto. Agilidade. Não é só o preço que entra no cálculo de quem prefere comprar outra marca de insumos ou máquinas por exemplo. Uma boa experiência é determinante na escolha do cliente, principalmente dos produtores rurais que são diariamente bombardeados de informações de novos defensivos agrícolas, fertilizantes, químicos e etc.

Portanto, investir e, sobretudo, PENSAR na experiência do produtor rural precisa ser uma prioridade.

MENTALIDADE DIGITAL 

A “globalização” é um evento que trouxe também para o campo o acesso massivo à informação e tecnologia. A sociedade que vem sendo construída, sobretudo nos últimos 30 anos, está inserida em uma “realidade digital” – e a cada geração o nível de interação virtual se acentua.

O agronegócio é parte fundamental disso e precisa estar “conectado” ao mundo digital para conhecer os hábitos, comportamentos e se relacionar com seus clientes na linguagem do “novo mundo”.

INVESTIMENTO EM MARKETING 

A modernidade não está mais só nas mídias tradicionais como televisão, rádio, anúncio de revista, entre outros. O futuro agora passa a contar com máquinas automáticas de plantio e aplicativos de alta precisão para controle de pragas, por exemplo. Tudo isso pensado no aumento da produtividade do plantio e colheita.

Neste contexto, é importante que as empresas cada vez mais passem a conversar diretamente com o cliente do agronegócio – de forma íntima, personalizada e automatizada. Você está seguindo este caminho?

ADAPTE-SE

É preciso, portanto, pensar que a digitalização no campo, que parecia fazer parte de um futuro longínquo, já é realidade no presente. Falar diretamente com os produtores rurais personalizando essa comunicação é fundamental para o sucesso das vendas. Quer saber mais sobre a Seedz? Clique aqui.